Trending


A materialização dos anjos e a criação dos Nefilim



Minha intenção aqui não é induzir você a pensar como eu, nem muito menos pregar uma nova ideologia. Como historiador meu único objetivo é apresentar através de fontes literárias originais a ideia central de um texto, e através de seu contexto, mostrar que o que ele apresenta, é totalmente literal.

Em Gênesis 18:7,8 lemos:
"E correu Abraão às vacas, e tomou uma vitela tenra e boa, e deu-a ao moço, que se apressou em prepará-la. E tomou manteiga e leite e a vitela que tinha preparado e pôs tudo diante deles; e ele estava em pé junto dos anjos debaixo da árvore; e ali comeram."
Neste texto vemos claramente que alguns anjos se materializaram para Abraão que os recebeu em sua casa, comendo logo em seguida com eles.


Todos sabemos que para se ingerir alimentos físicos é precisa estar materializado, ou seja, ter um organismo biológico, que nesse caso foi o de um humano. Logo se esse organismo é capaz de ingerir alimentos também será capaz de exercer as outras funções do corpo como a reprodução através do sexo por exemplo.

A verdade é que as pessoas que contestam a possibilidade de alguns anjos terem tido de fato a capacidade se relacionar com as mulheres do mundo antediluviano não conhecem, ou não prestaram a devida atenção ao contexto do versículo que comprova a sua literalidade.


Obviamente que os anjos caídos não estavam mais no céu e, portanto não tinham nenhum dever moral com as ordenanças divinas onde foi determinado que cada ser teria de obedecer a um propósito na criação, o que é claro, impediria que o mundo espiritual se misturasse com o material fora de tempo.

Isso porque em Apocalipse é dito que o céu e a terra um dia se fundirão de fato na consumação dos séculos, não havendo mais depois disso separação entre os homens, Deus e os anjos.

Neste dia em diante todos estarão de baixo do reinado eterno de Deus. Mas isso é outra história.
"E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. E eu, João, vi a Santa Cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas". (Apocalipse 21:1-4).
E esse foi o grande problema, pois a mistura dos anjos com a mulheres do mundo antigo se deu sem nenhum propósito divino, ou mesmo sua aprovação, incentivado apenas por luxúria, desvario e desobediência a Deus, dando assim origem a uma raça de gigantes que devastou toda a terra com a sua maldade.

"E viu Deus que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente. Então, arrependeu-se ele de haver feito o homem sobre a terra, e pesou-lhe em seu coração. E disse: Destruirei, de sobre a face da terra, o homem que criei, desde o homem até ao animal, até ao réptil e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito". (Gênesis 6:5-14).
Um ponto não tão evidente em Gênesis que mostra a destruição do mundo pelo dilúvio recorrente do pecado do homem é mostrado no livro de Enoque. Esses homens pecaminosos na verdade foram almas errantes com um DNA totalmente alterado justamente pela mistura bestial entre os anjos sentinelas e as mulheres que coabitaram com eles.

Essas mulheres receberam toda sorte de conhecimentos que eram completamente proibidos por Deus a humanidade justamente para protegê-los de si mesmos, da mesma forma como Deus proibiu Adão de comer o fruto do conhecimento do bem e do mal. Ao contrário do que o diabo colocou em seu coração, este conhecimento não lhe fez ser semelhante a Deus e sim morrer e espalhar toda sorte de desgraça e infortúnio tanto as gerações seguintes quanto a toda a terra.

"Tu viste o que Azazyel tem feito, como ele tem ensinado toda espécie de iniquidade sobre a terra, e tem aberto ao mundo todas as coisas secretas que são feitas nos céus. Samyaza também tem ensinado sortilégios, para quem Tu deste autoridade sobre aqueles que estão associados Contigo. Eles tem ido juntos às filhas dos homens, têm-se deitado com elas; têm-se contaminado; E têm revelado seus crimes a elas". (Livro de Enoque Cap 9:5,6,7).
Muitos dizem que os anjos não seriam capazes de fecundar as mulheres baseados em um versículo que se encontra no livro de Mateus onde Jesus diz que no céu todos serão como os anjos ou seja, não se casarão, sugerindo assim que não haverá mais gênero masculino ou feminino. 
"Pois na ressurreição nem se casam nem se dão em casamento; mas serão como os anjos no céu". (Mateus 22:30).
O que tem que ser entendido aqui é que assim que os anjos caídos encarnaram, logo se tornaram compatíveis a reprodução biológica,  algo completamente ofensivo a Deus, o que obviamente foi ainda muito mais apreciado por tais entidades.

Sem falar no temor que eles tinham da promessa de redenção do homem feita por Deus no jardim do Éden, o que acabou por incentivar ainda mais esta mistura.

Então se Deus não tivesse separado Noé e sua família e o DNA de todos humanos fosse misturado ao dos anjos rebeldes, jamais seria possível a chegada do Messias que precisaria vir de uma linhagem incorruptível, ou seja, um sangue legitimamente humano tal qual o de Adão no início da criação. 
Assim está escrito: "O primeiro homem, Adão, tornou-se um ser vivente"; o último Adão, espírito vivificante.(Coríntios 15:45).

Sendo assim, a fecundação das mulheres antediluvianas pelos anjos  teve não só o objetivo de desequilibrar a criação de Deus em suas funções naturais como também o de criar uma nova espécie provinda literalmente do Diabo para sub julgar e dominar a criação original que figurava seu criador, tomando assim seu lugar na terra.

Então disse Deus: "Façamos o homem à nossa imagem, con­for­me a nossa semelhança. Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os grandes animais de toda a terra e sobre todos os pequenos animais ­que se movem rente ao chão".

Criou Deus o homem à sua imagem,
à imagem de Deus o criou;
homem e mulher os criou. (Gênesis 1:26-28).
E não foi essa realmente a intenção do arquiteto de todos esses eventos, o próprio diabo? Seu objetivo sempre foi o de ser igual a Deus, exigindo adoração para si de sua criação e tomando seu lugar como criador.

Dessa forma assim como o homem representa a imagem de Deus na criação, os Nefilim representam a imagem de seu criador o diabo com todo o seu poder demoníaco, destrutivo e alterado, numa declarada ofensiva contra Deus.

Representações de possíveis híbridos na antiguidade

Uma coisa que intriga e é bastante presente em artefatos antigos, são geralmente imagens de seres com formas visivelmente antropomórficas.

A guerra dos gigantes (Gigantomaquia) Imagem de Wikipédia 

Isso faz-nos perceber que o mundo antigo era ligado diretamente com figuras completamente ausentes do que consideramos hoje como "mundo real". 

A resposta acadêmica a essas questões geralmente se dá através de explicações superficiais numa espécie de mistificação dessas culturas, onde todos esses elementos funcionariam simplesmente como simbologias embutida na religião e costumes espirituais nos quais acreditavam.

Ulysses e as sereias

O fato é que esta explicação não pode ser levada em conta em um sentido geral visto que muitos desses símbolos antropomórficos tem ligações profundas com fatos históricos reais, o que obviamente não será levado em conta em uma mentalidade cética e pragmática, pois a cientificidade moderna exigirá que façamos justamente o contrário.

Neste sentido é importante rever muitas das fontes relacionadas a simbologias antigas ditas mitológicas, para assim tentarmos ligar possíveis pontas soltas as quais poderão relacionar elementos preciosos de um determinado evento que revelará por assim dizer, o X de uma determinada questão.

Na prática seria focar um determinado evento antigo e analisar uma mitologia diretamente ligada a ele. Esta análise por sua vez automaticamente nos revelará costumes e historicidades únicas de uma determinada cultura, tornando-nos só então capazes de perceber uma quantidade significativa de elementos que apontarão se uma crença foi construída com base em um evento real ou ficcional.

 Centauros da Mitologia Grega - Imagem de Wiki

E é justamente este padrão que nos mostra por definição fatos visivelmente reais, os quais sofreram mudanças no decorrer do tempo, chegando até nosso tempo como mitologia.

O problema é que o que usamos para definir algo como mitologia baseia-se única e exclusivamente em arquétipos intelectuais modernos, quase sempre baseados em conceitos rasos de transmissão de conhecimento acadêmico, muitos dos quais sem nenhum aprofundamento real sobre o início de muitas dessas culturas, bem como a correlação delas com esta suposta realidade ficcional.

Sendo assim, fontes importantes são no geral quase sempre ignoradas. E por mais que sejam encontradas em diversos lugares e nas mais variadas eras cronológicas, são de igual modo, completamente descreditadas.

Este é com certeza o medo extremo que tem nossa ciência moderna de confrontar a si mesma e ver que a razão a qual tanta preza não passa de teorias infundadas de suas próprias adequações. 

O mundo antigo é por assim dizer, um compêndio de livros incompletos, onde seus autores deixaram apenas pistas. E é justamente através desses fragmentos que precisamos enxergar que a história não é bem como nos contam nossos livros modernos. 

Segredos antediluvianos - Os filhos dos anjos



Amálgamas antediluvianas - Híbridos e quimeras


Kadumago História e Arqueologia

Sou historiador, artista conceitual, escritor e compositor. Um homem apaixonado pelo conhecimento que se sente feliz em poder propaga-lo através de criações artísticas e audiovisuais.

14 Comentários

  1. Respostas
    1. Olá, boa noite! Fico muito feliz que tenha gostado, muito obrigada pela sua presença, volte sempre! 🙂🙌

      Excluir
  2. Muito obrigada por compartilhar fatos históricos e reais ditos como mitologia. Acredito em coisas que nunca vi mas sei que existem... Grata por doar sru tempo e conhecimento para aqueles que tem olhos para vê e ouvidos para ouvir a ocultação de muitas vetdades....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só tenho a agradecer o apoio que todos vcs tem demonstrado na valorização de meus trabalhos. Um grande e seja sempre bem-vinda tanto aqui como no canal! ❤🙂🙌🙋‍♂️

      Excluir
  3. Adoro seus vídeos e os assuntos abordados 😍Ansiosa por novos vídeos ♥️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada querida, vocês são uma das minhas fontes de inspiração. Um grande abraço e seja sempre bem-vinda! ❤🙂🙌

      Excluir
  4. Kadu do céu ... só de imaginar as criaturas que já existiram nesse mundo ... me dá até um frio na espinha. Gratidão pelo post !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Eu que agradeço sua presença aqui no blog, volte sempre a casa é sua! 🙂🙌🙋‍♂️🗿❤

      Excluir
  5. Oie Kadu ! Achei seu blog ... mais fonte de leitura e apreciação de suas artes ... parabéns !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida, fico muito feliz por sua presença igualmente aqui, seja muito bem-vinda! 🙂🗿🙌❤

      Excluir
  6. Boa noite meu Caro e admirável amigo, apreciei e me senti pleno com mais um de seus banquetes de ciência e sabedoria. Muito obgd por tornar minhas noites 🌙 saciáveis com sua arte e maestria. Que o criador te ilumine sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu querido, boa noite! É uma grande alegria receber igualmente sua presença aqui no blog, obrigado, fico ferliz que tenha gostado. Já estou produzindo vídeos novos, breve estarão la no canal está bem? Um grande abraço e volte sempre! 🙂🗿🙌

      Excluir
Postagem Anterior Próxima Postagem